Supernatural, precisamos conversar

17:24 Renan Castro 0 Comentários

“Salvar pessoas, caçar coisas, o negócio da família”

Frase que praticamente virou lema dos irmãos Winchester, Dean e Sam estão na luta faz dez longos anos, já enfrentaram de tudo que se pode imaginar no mundo, bruxas, demônios, fadas, vampiros, lobisomens etc...
Será que não tá na hora de rolar uma aposentadoria?  A série que se tornou referência de sucesso por anos hoje em dia já não anda tão bem das pernas como antes, é visível o desgaste e a repetição inevitável de uma história que parece ter sido feita ao acaso e com poucos acertos após a 5 temporada.

Na verdade existe um antes e um depois em Supernatural, antes da 5 temporada e depois da 5 temporada. As primeiras temporadas foram de fato as que mais obtiveram sucesso durante todos os anos da série, a primeira sendo pra mim a mais cativante e a quinta a mais empolgante.

Começamos com dois pirralhos metidos a caçadores que começam a se aventurar em busca de um pai cheio de defeitos e desaparecido, no meio dessas aventuras começam a descobrir segredos de família que nunca antes tinham tomado conhecimento, encontram o papai depois de lutarem com muita gente e terminam acidentados em uma rodovia após um rapaz possuído esmagar o impala do Dean com um caminhão, na minha opinião um dos melhores episódios da série ta nessa temporada, quando o tema principal é a lenda urbana Bloddy Marry, uma das lendas mais famosas aqui no Brasil.

Episódio sobre Bloddy Marry

Posteriormente temos mais histórias secretas da família e a chegada do coroa mais respeitado de Supernatural, Bobby Singer. Os demônios que antes já eram presentes assumem o protagonismo da história e Azazel inicia o processo do apocalipse abrindo o portal do inferno, Sam morre pela primeira vez entretanto Dean consegue matar o “demônio dos olhos amarelos” como Azazel era apelidado, a temporada termina assim, 1 x 1 entre vilões e mocinhos.

Já no terceiro ano, a história apocalíptica se consolida de vez e começam os pactos a granel, Dean faz um pacto pela vida de Sam que ressurge porém agora precisa tentar salvar seu irmão, que o salvou anteriormente. E é a primeira aparição da demônia mais má intencionada da série, Ruby. No fim eles não conseguem salvar Dean que vai parar no inferno.

Na quarta temporada começa a bebedeira insana de sangue de demônio (sim, sangue de demônio) Sam fica mais poderoso que todos por conta desse “anabolizante” incomum enquanto Dean, o torturador de almas do inferno, é trazido de volta por um anjo celestial com nome de Castiel pra uma missão divina, Sam influenciado pela demônia que já citei acaba matando Lilith e rompendo o ultimo selo, libertando o diabo, Lúcifer.

Na melhor temporada de todas, opinião quase unânime entre os fãs da série, o apocalipse acontece de fato.
Com direito a cavaleiros do apocalipse (o cavaleiro da morte é sinistro demais) arcanjos, lúcifer e um profeta. É o ápice de toda a série, o clímax máximo esperado por todos os fãs de Supernatural, a temporada termina quando Sam retoma o controle do seu corpo e acaba trancando a si mesmo na prisão suprema levando consigo Lúcifer e Miguel, evitando assim o apocalipse, épico!

O épico final da 5 temporada

Descrevi resumidamente até a 5 temporada porque o que vem daqui pra frente não precisa de muita descrição.

Após o fim épico esperava-se que a série já tivesse terminado, com um fim bastante merecido pelo trabalho feito até a quinta temporada, entretanto parece que os produtores achavam que ainda havia mais lenha pra queimar, talvez houvesse mesmo, mas poderiam ter feito melhor.
Tivemos um Sam sem alma, uma “mãe” de todos os monstros, um Castiel tão poderoso quanto Deus, leviatãs, abaddon (lindíssima), a morte de Bobby, Dean no purgatório etc..

Com um destaque MUITO negativo pra sétima temporada onde cagaram praticamente todos os episódios com essa história de leviatã que não convenceu ninguém, tudo parecia muito forcado, apenas pra ganhar audiência. Fora essa temporada, o resto após a 5 temporada foi em média regular.

O ponto é : O que ainda falta acontecer? Quais são as histórias que ainda não foram contadas?

Porque já vimos de tudo, hoje em dia Supernatural parece que escolhe seu rumo de forma aleatória, as historias se repetem, se confundem, se chocam, no final sempre termina com alguém morto sendo trazido de volta e alguém dizendo que eles precisam salvar pessoas, matar coisas porque é o negócio da família. Sinceramente acho muito difícil essa série atualmente entreter quem não é fã de fato dela, sem inovação e com um enredo chato e monótono, Supernatural vai entrando pro hall das séries que estão fazendo “hora extra” na TV.


Lamentável pra quem é um fã como eu sou, infelizmente tive que escrever essa crítica. Precisamos conversar seriamente, Supernatural.



Siga no face : https://www.facebook.com/quemligapraissso

0 comentários: