Uma febre da qual não queremos cura

14:53 Renan Castro 1 Comentários

Seja sincero consigo mesmo, você conhecia ou já tinha ouvido falar do Homem Formiga?
A menos que você seja um grande fã inveterado de quadrinhos alternativos a resposta pra essa pergunta será “não”, com variações pra “quem é esse?” e “homem oque?”.

Pois é, o Homem Formiga é um herói dos quadrinhos do universo Marvel que acabou de ser adaptado para o cinema, a estreia foi no dia 16 de julho nos cinemas brasileiros e vem atraindo um bom público as telonas, muitos até por curiosidade de saber que raios de herói é esse. Enfim, desde o começo deste século vemos uma grande ascendente no gênero dos filmes de heróis, fato inédito no mundo do cinema.

Se voltarmos um pouco no tempo podemos encontrar alguns dos motivos que justificam a baixa frequência de super heróis nas telonas, ou o projeto era uma produção impecável ou tudo saia uma lastima sem fim beirando o ridículo, na verdade a primeira adaptação de respeito e grande porte de um super herói para o cinema só veio acontecer em 1978 com Superman – O Filme, que surpreendeu a todos com os efeitos especiais que para a época eram espetaculares, e como não citar o dito por muitos como melhor Superman de todos os tempos, o ator Christopher Reeve (convenhamos, até o nome real do rapaz é de super herói) que deu um toque especial para a trama. Como filmes antigos que se destacaram também podemos citar Conan- O Bárbaro (1982) com Arnold Schwazenegger, Batman (1989) e por fim, Blade (1998).

Clark Kent de respeito!

Obviamente a falta de recursos de produção para a realização de grandes efeitos especiais sempre foi um dos motivos principais, além do dinheiro exigido e do marketing necessário, nunca foi de interesse primário das produtoras investir no gênero de super herói, até que chegamos ao século XXI e ao mundo globalizado e digital. É ai que os super heróis estouraram e viraram essa febre de hoje, depois da primeira aparição de X-MEN e Homem Aranha (a versão mais legal) nas telonas em 2000 e 2002 respectivamente vem acontecendo uma revolução que não tem se restringido apenas ao cinema, séries como Flash, Demolidor, Arrow entre outras, vem fazendo um sucesso gigantesco perante a crítica e os fãs.

Séries everwhere!

A febre é tão grande que o gênero originou sub gêneros como as comédias com super heróis, exemplos:  Kick Ass (2010), Super (2010) e Zoom (2006), animações com super heróis como Os Incríveis (2004) e Megamente (2010) e até paródias como Superhero Movie (2008). O leque de possibilidades é tão imenso que começaram a adaptar seres superpoderosos da mitologia grega para as telonas, como é o caso da franquia Percy Jackson.

Devemos ressaltar também o tamanho do retorno financeiro que esse tipo de filme tem dado, recordes e recordes de bilheteria, uma quantia inimaginável de lucro liquido a cada sequência, talvez isso explique o porque de tantas sequências e tentáculos com filmes que retratam histórias paralelas ao enredo principal da franquia (origem de fulano etc etc). E um fato é incontestável, isso não vai acabar tão cedo, abaixo o calendário de alguns filmes que devem ser lançados posteriormente.

Vou falir apenas comprando ingressos..

Sequência atrás de sequência, mistura atrás de mistura (Batman x Superman será um belo filme pelo que parece), é notável a recente adaptação de heróis alternativos como o Homem Formiga, parece ser um novo tipo de popularização que por incrível que pareça tem funcionado, a menos que que os próximos filmes sejam um monte de bosta junto, em todo caso vamos esperar ansioso pelas próximas tramas, esse é uma febre que esperamos que seja incurável.

Siga no facebook: https://www.facebook.com/quemligapraissso


1 comentários: